26/10/2018

Outubro Rosa: Uma ação que salva vidas

Fique por dentro da história do movimento Outubro Rosa de conscientização a prevenção do Câncer de Mama e saiba o que você pode fazer para ajudar este movimento.

O Outubro Rosa é um movimento conhecido no mundo inteiro, e sua popularidade se deve especialmente por uma constatação triste: o câncer de mama, excluindo as formas de câncer de pele, é o tipo de câncer que mais acomete mulheres em todo o mundo. Também aparece em homens, mas estes têm uma frequência muito menor, apenas 1% do total de casos da doença.

Ironicamente, quando detectado nos estágios iniciais, este tipo de câncer tem 90% de chances de cura.

Nos últimos anos, a taxa de mortalidade do câncer de mama caiu mais de 40%, graças à conscientização da importância do diagnóstico precoce. Essa conscientização tem crescido exponencialmente desde a década de 90, quando o laço cor de rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure, a maior ONG de apoio a pessoas com câncer de mama no mundo, e distribuído aos participantes da Primeira Corrida pela Cura, em Nova Iorque. Mas somente à partir de 1997 que outras cidades americanas começaram a se engajar neste movimento, principalmente durante o mês de Outubro, fazendo com que a ideia se espalhasse.

A popularidade do Outubro Rosa alcançou o mundo e então chegou ao Brasil também em 2002, quando iluminaram de rosa o monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, mais conhecido como Obelisco, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo. Desde então, a ação tomou uma maior proporção nacional e, todos os anos, atrai os olhos da sociedade para uma causa que merece atenção e respeito.

Mas não parou por aí. Desde 2011, o Brasil passou a incluir como causa no Outubro Rosa a prevenção do Câncer de Colo de Útero também, outra doença que acomete milhares de mulheres com uma alta frequência.

Causas e prevenção

O câncer de mama é causado por alterações genéticas nos seios, que podem ou não ser estimuladas por fatores externos, tais como: tabagismo, abuso da ingestão de bebidas alcoólicas, obesidade e uso de hormônios. Ou pode ser somente uma herança genética para quem já teve casos na família.

Como o aparecimento deste tipo de câncer possui características muito amplas, todas as mulheres (e homens) devem se focar em tentar diagnosticar a doença precocemente, ainda que não façam parte dos grupos de risco, para terem maiores chances de cura. Ainda que a incidência do câncer de mama seja maior em mulheres após os 35 anos de idade, nada impede que acometa mulheres mais jovens, por exemplo.

Para a prevenção do câncer de mama além de adotar hábitos saudáveis para escapar do grupo de risco, como parar de fumar, evitar o abuso de álcool, controlar o peso, não abusar de pílulas anticoncepcionais sem indicação médica, etc; é importante realizar o autoexame, apalpando as mamas, que a própria mulher deve fazer mensalmente a partir dos 20 anos de idade. Esse autoexame deve ser feito entre o quarto e o sexto dia depois do fim do fluxo menstrual. As mulheres que não menstruam devem escolher uma data para fazer a avaliação.

Selecionamos alguns fatores importantes a que você deve atentar durante o autoexame:

– Nódulos palpáveis na mama ou na região das axilas;

– Alterações na pele que recobre o local do nódulo;

– Região da mama com aspecto parecido ao de uma casca de laranja;

– Dor ou inversão do mamilo;

– Saída de secreção sanguinolenta ou translúcida do mamilo.

O exame de mamografia também é super importante e deve ser realizado anualmente em mulheres à partir dos 40 anos, ou após a detecção de qualquer anormalidade.

O que fazer para ajudar o movimento Outubro Rosa?

Primeiramente, ajude-se. Tenha o hábito de realizar o autoexame com frequência, deixe a vergonha de lado que com a saúde não se brinca.

Segundo, seja uma influência para as pessoas próximas a você. Lembre-as da importância da realização deste diagnóstico precoce e de como ele pode salvar vidas. Vista-se de rosa, utilize o laço rosa, pinte as unhas e os cabelos de rosa… Não importa como, divulgue essa simples mensagem de amor à vida e solidariedade, já que o rosa no mês de Outubro já tem esta ampla associação com a causa.

Mas se você sente que pode e quer fazer mais, especialmente pelas mulheres que já sofrem com esta doença terrível, você também tem a opção de realizar doações aos institutos de apoio às pessoas com câncer. E por doações não estamos falando somente de dinheiro. É possível doar um bem inestimável, que não custa nada e que fará a vida destas pessoas mais bela: seus cabelos. A doação de cabelos para a confecção de perucas para mulheres com câncer possibilita que a autoestima delas seja recuperada, fazendo com que o sofrimento seja amenizado e as fortaleça para a luta contra a doença.

Para doar suas madeixas, você pode entrar em contato com ONGs especializadas nisso, como a Laço Rosa, Cabelegria ou Rapunzel Solidária. Basta preencher o formulário, enviar seus cabelos secos e presos com um elástico, em mechas de 15cm a 20cm (dependendo da instituição), com ou sem química, embaladas em um saco plástico limpo. Podem ser enviadas através dos Correios mesmo.

A Sorali Cosmetic apoia o movimento do Outubro Rosa incondicionalmente. Como uma empresa que lida diretamente com a geração de autoestima e bem-estar para mulheres (e homens também!), através da fabricação de produtos para deixarem os cabelos ainda mais belos do que já são, entendemos que a saúde também é parte essencial para este processo. É preciso que haja sempre o equilíbrio entre o belo e o saudável. Junte-se a esta causa também!

compartilhe: