18/02/2021

Envelhecimento capilar: entenda o que é

Não é segredo que o envelhecimento chega para todos e é algo natural. Mas, além da pele e o corpo, o cabelo também passa por esse processo, chamado envelhecimento capilar.

Além dos fios brancos, o envelhecimento capilar também diminui a velocidade do crescimento, os fios ficam mais finos, secos e quebradiços.

Ainda assim, é um processo natural que, com os cuidados certos, pode não ser um problema com o passar do tempo.

O que é envelhecimento capilar?

O envelhecimento capilar é o processo em que a ação de fatores internos, externos e da idade causam alterações no cabelo. Isso ocorre quando os folículos pilosos sofrem oxidação celular e, com isso, afeta o crescimento e desenvolvimento da produção dos fios.

O estresse, variação hormonal, anemia, poluição e excesso de químicas desgastam o cabelo e causam o envelhecimento precoce. O cabelo branco não é o único resultado desse processo, apesar de ser o mais conhecido.

Os primeiros sinais do envelhecimento capilar são a queda, menos brilho, fios brancos e ressecamento. Além disso, esses sintomas também podem estar associados à falta de vitaminas e minerais. 

Como prevenir o envelhecimento capilar?

Apesar de ser um processo natural, alguns hábitos podem acelerar o processo esse processo. São eles:

  • Radiação solar
  • Poluição
  • Tabagismo
  • Má alimentação
  • Falta de cuidados com os fios
  • Desidratação

Mas, para atrasar esse processo, existem algumas dicas. Evite químicas em excesso que podem diminuir a saúde dos fios. Além disso, invista em hidratação sempre, é o ideal!

Os suplementos vitamínicos também são excelentes opções para repor nutrientes perdidos, especialmente nessa fase.

Por fim, é importante utilizar os produtos certos para o seu cabelo e cuidar da raiz, além de ter uma alimentação balanceada que consiga garantir a saúde do corpo e, consequentemente, dos fios.

Tratamentos indicados

Hoje em dia existem produtos cosméticos que já atuam contra o envelhecimento capilar, chamados anti-idade. Dessa forma, eles auxiliam no combate desses danos causados pelo processo de envelhecimento.

Shampoos, condicionadores, máscaras e tônicos anti-idade são fáceis de usar porque estão presentes na rotina do dia a dia e podem ser incluídos sem problemas.

Além disso, dermatologistas podem prescrever pílulas manipuladas para repor nutrientes necessários para saúde do cabelo e, com isso, retardar o envelhecimento.

Por fim, sempre converse com seu dermatologista e preste atenção nos sinais do cabelo. Com atenção e cuidados, o envelhecimento capilar pode ser um processo tranquilo e com poucos danos.

share